Resenha - Estilhaça-me, por Tahereh Mafi












Ficha Técnica:
Nome Original: Shatter Me
Autor: Tahereh Mafi
Ano de Lançamento: 2012
Páginas: 304
Gênero: Ficção científica
Editora: Novo Conceito





Sinopse:
Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.

Resenha:
Juliette Ferrars, ela tem um poder, seu toque, ele é letal, ela está há 264 dias presa em um manicômio, ela já foi transferida várias vezes, sua família a odeia. Ninguém a entende, tudo que ela toca morre.
Até que ela tem um garoto como companheiro de cela, parece familiar, mas não lembra muito da onde, até que ele fala seu nome, Adam, ela lembra de onde conhece, ele é carinhoso e não tem medo dela.
Quando em um belo dia, os dois são retirados da cela e são levados para um outro lugar, o Restabelecimento, onde é dividido por setores, ela vai para o setor 45, liderado para Warner, que todos o temem, ninguém o enfrenta, até que ela toma coragem e o enfrenta.
O mundo? Não está nas melhores condições, ele está acabado, devastado, o Restabelecimento está ali para ajudar o mundo, está ali para que ser a salvação da população.
Warner quer Juliette como arma, é o que ele diz a ela, ele a quer para usar na guerra, ela, não aceita. Ele a quer pronta, ele quer que ela usa seu dom a seu favor.
Adam e Juliette começam um romance, e tem coisas que eles se assemelham, nenhum dos dois gostam de viver no Restabelecimento, eles querem fugir, e encontram um outro lugar para viver.

Opinião:
Sim, o livro é bem confuso, suas palavras riscadas, eu fiquei totalmente perdida no começo, normal, mas eu me apaixonei na história, e lendo assim, você vai se encantar com Adam, não, eu o odeio desde do começo, eu tenho um precipício por Warner, sim, ele parece ser um monstro, ele se mostra como um.
Juliette sinceramente me irrita, ela tem seu lado de vítima, que pelo amor de Deus é cansativo, mas ela é uma guerreira por aguentar o que ela teve que passar não é fácil.
Eu nunca tinha lido um livro com um tema tão diferente, com coisas que eu nunca pensei. Estilhaça-me te conquista a cada página lida, eu tenho uma adoração pelas partes que Warner faz parte, não tem como não amar, para quem gosta.
O romance contado no livro não é tão meloso, é um romance que condiz com a história contada, eles estão em um meio de guerra, batalha, não tem como ser um romance que nem nos livros de Nicholas Sparks, eu particularmente gostei de como foi tratado, apesar de não torcer para os dois.
Vale muito a pena ler sim, eu recomendo, eu sou apaixonada por esse livro.

Marilia Merlino

Tenho 23 anos, moro no interior de São Paulo e adoro tudo que é relacionado a beleza, moda, bem estar, saúde, cultura. Acredito que o quê me faz bem poder também fazer bem ao meu proximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário