Resenha - Os Instrumentos Mortais: Cidade das Cinzas, por Cassandra Clare













Ficha Técnica:
Nome Original: The Mortal Instruments: Cty of Ashes
Autor: Cassandra Clare
Ano de Lançamento: 2011
Páginas: 404
Gênero: Aventura, Fantasia
Editora: Galera Record





Sinopse:
Clary Fray só queria que sua vida voltasse ao normal. Mas o que é “normal” quando você é uma Caçadora de Sombras assassina de demônios, sua mãe está em um coma magicamente induzido e você de repente descobre que criaturas como lobisomens, vampiros e fadas realmente existem? Se Clary deixasse o mundo dos Caçadores de Sombras para trás, isso significaria mais tempo com o melhor amigo, Simon, que está se tornando mais do que só isso. Mas o mundo dos Caçadores não está disposto a abrir mão de Clary — especialmente o belo e irritante Jace, que por acaso ela descobriu ser seu irmão. E a única chance de salvar a mãe dos dois parece ser encontrar o perverso ex-Caçador de Sombras Valentim, que com certeza é louco, mau... e também o pai de Clary e Jace.
Para complicar ainda mais, alguém na cidade de Nova York está matando jovens do Submundo. Será que Valentim está por trás dessas mortes? E se sim, qual é o seu objetivo? Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai?
Nessa sequência de tirar o fôlego da série Os Instrumentos Mortais, Cassandra Clare atrai os leitores de volta para o lado mais obscuro do submundo de Nova York, onde amar nunca é seguro e o poder se torna a mais mortal das tentações.

Resenha:
Valentim, pai de Clary e Jace, um Caçador de Sombras com um plano de destruir a Clave, ele precisa dos Instrumentos mortais para isso e ele é capaz de tudo para conseguir, já tem o Cálice, falta a Espada da Alma e o Espelho.
Jace, está sendo acusado de traição, de sempre saber que é filho de Valentim, de ser o espião dele no Instituto, de ser seu aliado, por mais que ele fale a verdade ninguém acredita nele, apenas, Isabelle, Alec, Clary e Simon sabe a verdade, mas a palavra deles não valem muita coisa, a Inquisidora é chamada por Maryse, mãe de Alec, Isabelle e Max, e a mãe que Jace conhece, aquela que a criou.
Jace e Clary tem que lutar pelo que sente, pois são irmãos, eles não podem ter um relacionamento, Clary começa a se envolver com seu melhor amigo, Simon, e Jace luta contra o que sente, não da melhor maneira possível.
A batalha contra Valentim está perto, e eles precisam ser fortes e conseguirem pelo menos atrasar os planos dele.

Opinião:
Depois que você começa a série não tem como você não consegue parar, ela te prende, os mistérios, a história realmente te conquista, você realmente não quer parar de ler.
Jace é um dos personagens que mais sofro, ele sofre demais, primeiro ninguém acredita nele, segundo que ele ama a irmã dele e não consegue lidar com isso.
Clary é muito confusa, a vida dela mudou na noite pro dia, o cara que se apaixonou é irmão dela, a mãe está em "coma" e não tem nada que os médicos possam fazer.
Claro que o primeiro é melhor, mas não desconsidero o segundo, que é muito bom também, eu recomendo muito para quem gosta desse estilo de livro.


Marilia Merlino

Tenho 23 anos, moro no interior de São Paulo e adoro tudo que é relacionado a beleza, moda, bem estar, saúde, cultura. Acredito que o quê me faz bem poder também fazer bem ao meu proximo!

2 comentários:

  1. Eu assisti a esse filme e achei o máximo, imagine como é que deve ser o livro. Uma perguntinha... O Jace é mesmo irmão da Clary? É que eu fiquei meia sem entender...

    Abraços e sucesso,
    http://decada-errada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao que tudo indica sim, eu ainda não acabei a coleção..
      O livro é muito bom... recomendo ler...
      Abraços, obrigada :)

      Excluir