Indicação de Série - Code Black









Nome: Code Black
Gênero: Médico, Drama
Classificação etária: 16 anos
Ano de lançamento: 2015
Status: Em exibição
Exibição no Brasil: Sony
Criação: Michael Seitzman











Normalmente eu não indicaria uma série estreante por conta do risco de cancelamento pelo qual todas elas estão sujeitas, mas fiz da dica de hoje uma exceção. Code Black compensaria ver mesmo que fosse apenas uma única temporada!
Não é apenas mais um drama médico ou uma releitura das aclamadas Grey’s Anatomy e E.R., e sim uma série inovadora e completamente original.
Code Black é baseada em um documentário desenvolvido pelo médico Ryan McGarry e conta justamente como tudo acontece dentro da ala de emergência em um hospital.
Na série temos a Dra. Leanne Rorish (Marcia Gay Harden) no papel de diretora da residência médica, que há pouco tempo passou por um grande trauma e tenta conciliar sua carreira e os efeitos que tal tragédia lhe trouxe. Jesse Salander (Luis Guzmán) é um enfermeiro que, dada sua experiência, comanda o “ER” do Angels Memorial Hospital. Os médicos Neal Hudson (Raza Jaffrey) e Rollie Guthrie (William Allen Young), juntamente com os residentes Christa Lorenson (Bonnie Somerville), Malaya Pineda (Melanie Chandra), Angus Leighton (Harry Ford) e Mario Savetti (Benjamin Hollingsworth), completam a equipe.
O nome da série, Code Black, vem de uma situação pela qual o hospital passa, ou seja, a qualquer momento o “ER” pode entrar em “code black”, isto é, múltiplas emergências que acontecem ao mesmo tempo e nem sempre existem recursos ou médicos disponíveis para atender a essas emergências. Nesse momento, a equipe se desdobra em dez e procura fazer o melhor possível, mas nem sempre é o suficiente.
Bom pessoal, é isso ai! Espero que gostem tanto quanto eu! E ficamos na torcida pela renovação de Code Black!


Nany

Marilia Merlino

Tenho 23 anos, moro no interior de São Paulo e adoro tudo que é relacionado a beleza, moda, bem estar, saúde, cultura. Acredito que o quê me faz bem poder também fazer bem ao meu proximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário